Música eletrônica ajuda vacas a aumentar produção de leite

Música eletrônica ajuda vacas a aumentar produção de leite

Ivan Rodrigues da Silva, médico veterinário da cabanhas La Estância e Santa Clara, levou quatro vacas holandesas e quatro da raça jersey para participar de exposições e torneios da 41ª Expointer, realizada em Esteio (RS). Para garantir a produtividade dos animais, ele conta com um aliado diferente: música eletrônica.

A ideia é que as vacas não se distraiam durante o evento e fiquem focadas na alimentação, aumentando a quantidade ingerida e, consequentemente, o leite produzido. “Elas não estão acostumadas a tantas pessoas e barulhos. A propriedade rural é sempre mais silenciosa e aqui há diversos ruídos”, afirma.

O médico veterinário explica ainda que os animais que vieram para participar da Expointer, por exemplo, tiveram uma preparação antecipada de 15 dias. “Elas chegam no evento com uma boa alimentação e já trabalhando no limite do quanto conseguem comer para fazer a conversão em leite. A dieta em si é a mesma em relação a dos animais que estão na fazenda, mas aqui investimos muito na quantidade fornecida, que é maior”, explica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *